Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Angola e os alojamentos web

28.11.12

Existe alguns mercados a nível mundial que pelas suas especificidades é comum encontrarmos alojamentos web desajustados às reais necessidades das empresas, mais concretamente ao nível de espaço de armazenamento de informação.

Algumas das empresas angolanas estão a propor 60 GBs de alojamento, quando as reais necessidades de alojamento ao nível de internet são baseadas em norma por 100 a 200 MBs (a maior taxa de utilização de espaço em disco, na grande maioria dos sites de internet) com uma base de dados em MSSQL (alojamento windows) ou MYSQL (alojamento Linux).

Qual a razão de existir um alojamento web com 60 GB´s?

 

Poderá naturalmente depender do que é pretendido, mas na realidade na generalidade dos casos, é puro marketing em acção, que visa criar uma expectativa ao utilizador da necessidade de alojamentos com elevada capacidade.

Poderá no entanto existir empresas com necessidades efectivas, especialmente se fizerem a transmissão em directo de algum acontecimento, o chamado live streaming de eventos ou acontecimentos.

Para o utilizador comum, que utiliza por exemplo wordpress, joomla, drupal ou qualquer outro sistema de gestor de conteúdos, será mais importante a capacidade de ter várias bases de dados associdas à conta e o tráfego do que propriamente o espaço em disco.

 

Cenário de alojamento web e criação de site

Imagine a sua empresa que está no início de actividade, seguramente irá desenvolver um site de internet para representar a sua marca, dando origem posteriormente a uma loja de comércio electrónico, provavelmente a sua decisão ao nível de domínios será um domínio angolano por uma questão de indexação ao motor google e a funcionalidade places, mas se pensarmos que o mercado é mundial, até que ponto do domínio .ao será efectivamente importante?

Quando dizemos .ao, podemos estar a falar de qualquer outro país, porque na realidade o comércio electrónico podemos potenciar à escala mundial.

 

Provavelmente os passos serão:

1) Registo de domínio e alojamento : http://AMinhaMarca.TLD 
2) Realização da loja http://loja.AMinhaMarca.TLD

A outra alternativa será a loja inserida ao nível gráfico no seu site de internet, sem a necessidade de criação de um sub-domínio.

 

TLD = extensão do domínio ( .ao, .com, .pt, .net, etc... etc... )

 

Fotografia : basketman/Freedigitalphotos.net

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:02


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Pesquisa

Pesquisar no Blog  




Comentários recentes

  • alojamentosdesites

    Obrigado João Sá, não teremos qualquer hesitação e...

  • João Sá

    Olá :)Sejam bem vindos à comunidade de Blogs do SA...



Arquivos

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D